Entrelinhas

No início de 2018 comecei uma pesquisa a respeito da vulva. De tudo, é perceptível como a Vulva sofre inúmeros apagamentos. No campo científico, político, antropológico, pouco se sabe. Mas na realidade, pouco se foi permitido saber.

A vulva foi categorizada como o outro, como a falta, como o buraco; também foi relacionada com o sexo e gênero de uma pessoa. Numa hegemonia falocêntrica, a Vulva só parece existir entre aqueles que tem.

 

Vulvas são mutiladas, apagadas, negligenciadas.
Hoje, nesse movimento de reparação histórica, se busca a reapropriação e reitificação.


Pensando nisso, trago a conclusão desse estudo utilizando nankin e aquarela, pela primeira vez apresentando um trabalho fora do campo fotográfico.

Entrelinhas é um conjunto de 20 aquarelas que representam diferentes estados de vulvas. 

É uma arte sutil.
Uma arte que afirma.


Entrelinhas contempla a autonomia de corpos que possuem vulvas.

  • Grey Twitter Ícone
  • Grey Instagram Icon

MARESSA

ANDRIOLI